Dorival será mantido no comando

A Seleção Brasileira deu adeus à Copa América, após ser eliminada nos pênaltis para o Uruguai, neste sábado (6), pelas quartas de final do torneio. Mesmo com a eliminação, Dorival Júnior não será demitido pela CBF.

Quem confirmou a informação foi o próprio presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, em entrevista à ESPN. O mandatário afirmou que o treinador estará presente no ciclo para a Copa do Mundo de 2026:

“É um trabalho que está iniciando e com uma renovação que ele está implantando na seleção brasileira. [A preparação para a Copa América] Foi um período que foi importante, porque houve mais tempo em que (Dorival e jogadores) tiveram essa convivência. Normalmente, essas convocações são tempos curtos, mas agora deu pra ele observar bastante e tirar (conclusões) daquilo que ele pode estar fazendo sempre”, disse o presidente.

Mais detalhes da permanência de Dorival

O  presidente de CBF deu continuidade falando sobre não encerrar o ciclo do treinador no Brasil e ele ser mantido: “Daqui dois meses tem eliminatórias e o projeto é exatamente esse: de continuar (com Dorival), entendendo, intensificado e trabalhando. E o objetivo agora das eliminatórias, temos jogos setembro, outubro e novembro, são seis jogos. É o ciclo de Copa do Mundo, e ele está com toda a sua comissão técnica bastante consciente daquilo que foi feito”, completou. 

Dorival deve ser mantido?

Dorival deve ser mantido?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Apesar da eliminação, Ednaldo deixou bem claro que a Seleção entrou em busca do título da Copa América: “Falar que não quer ganhar não é correto… A gente queria ganhar, mas a gente sabe também que é o início de um trabalho com uma turma nova, são jovens que estão entrando agora e tem que ter mais minutagem, portanto a gente também sabia”, apontou.

Acho que o trabalho é nós fazermos cada vez mais, aproveitar o tempo possível que eles possam estar reunidos, o CBF deu todas as condições para que eles pudessem estar totalmente engajados desde as Datas Fifa de junho, quando fizemos os dois amistosos, dia 8 e dia 12, então desde o dia 29 de maio foi que todos vieram. Portanto, é mais tempo para que possa preparar uma seleção vitoriosa”, enfatizou o presidente.

Ednaldo ainda deixou claro que Dorival sabe o que deu errado: “Dorival tem noção daquilo que não aconteceu bem, e é daí que se constrói uma seleção competitiva, uma seleção vencedora. O projeto é isso aí, porque toda vez que se faz mudanças, começa um novo trabalho e sempre é mais difícil, então eu acho que foi um início que já deu pra ele fazer suas conjecturas e tenho certeza que ele vai encontrar o timing certo”, finalizou.

O que dizem os torcedores: