Notícias do seu time:
Botafogo
Flamengo
Fluminense
Vasco
Corinthians
Palmeiras
Rb Bragantino
Santos
São Paulo
Internacional
Grêmio
Atlético Mineiro
Cruzeiro
Athletico Paranaense
Coritiba
Bahia
Sport
Ceará
Fortaleza
Atlético Goianiense
Chapecoense
Vídeos

Wallace se posiciona e avalia cenário político do Vitória em meio à momento dramático na Série B: "Tinha que rever as coisas”

Zagueiro do Vitória avaliou positivamente a troca de gestão, mas afirmou que ela demorou para acontecer

Imagem do autor da matéria Thaís Rodrigues

Escrita por: Thaís Rodrigues


A vida do Vitória não nada fácil em 2021. Além não tido bons resultados dentro das quatro linhas, fora delas a situação não anda muito diferente. Acontece que as eliminações nas competições de mata-mata e a luta para permanecer na Série B aconteceram em paralelo a disputas políticas, investigações sobre a gestão Paulo Carneiro e trocas de comando. Há dois meses, o gestor da equipe baiana foi afastado e, logo após o vice-presidente Luiz Henrique Viana pedir licença do cargo. Dessa forma, coube Fábio Mota, presidente do Conselho Deliberativo, assumir a presidência do Rubro-Negro.

Continua após a publicidade

Heber Gomes/AGIF - Wallace, zagueiro e capitão do Vitória

Heber Gomes/AGIF - Wallace, zagueiro e capitão do Vitória

Continua após a publicidade


Geralmente, quando os jogadores foram questionados durante a temporada sobre os acontecimentos envolvendo a gestão do clube, todos evitaram expor seus comentários. No entanto, durante esta semana o capitão Wallace Reis deu a primeira declaração sobre o assunto. O zagueiro avaliou a mudança na gestão do Rubro-Negro Baiano em entrevista exclusiva para a TV Bahia logo após o retorno da delegação depois do revés a diante do CRB.

Continua após a publicidade


“A gente conseguiu fazer um segundo turno razoável com as mudanças, e isso tem muito dedo do pessoal que chegou para mudar o que tinha que fazer”, afirmou Wallace. A primeira mudança na administração da Toca do Leão foi o afastamento do presidente Paulo Carneiro. Investigado por gestão temerária, ele deixou o clube no dia 2 de setembro, antes da terceira rodada do Segundo Turno da Segundona.

Continua após a publicidade


O Vitória vai conseguir escapar do rebaixamento?

Sim

Não

Continua após a publicidade


Após sua saída, o Rubro-Negro passou a ser gerido por Luiz Henrique Viana, vice-presidente de Paulo Carneiro. No fim de outubro, Viana pediu licença médica, e o cargo de presidente interino ficou sob responsabilidade de Fábio Mota, presidente do Conselho Deliberativo do Leão. No entanto, toda essa situação provisória vai continuar pelo menos até o início de 2022, já que a licença de Luiz Henrique Viana foi prorrogada por mais 60 dias, assim como o afastamento de Paulo Carneiro.

Pochettino sobre rumores no PSG:

Continua após a publicidade


De acordo com o capitão Wallace, o desempenho ruim desde o início da temporada, quando o Vitória deu adeus ainda na primeira fase do Campeonato Baiano, foi um sinal de que o clube precisava passar por mudanças o quanto antes. “Se for colocar os números de forma fria a analisar, a gente não conseguiu a classificação para o Campeonato Baiano, e aquilo era um grande indício de que a gente tinha que rever as coisas”, analisou.

Capitão do Vitória foi o primeiro a se posicionar de forma mais contudente sobre a situação política do clube baiano

Pietro Carpi / EC Vitória - Capitão do Vitória foi o primeiro a se posicionar de forma mais contudente sobre a situação política do clube baiano

Deixe aqui sua opinião!

Veja as últimas matérias de Vitória

X
Esse site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação, analisar como você interage em nosso site, otimizar o desempenho e personalizar o conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em Política de Privacidade