Notícias do seu time:
Botafogo
Flamengo
Fluminense
Vasco
Corinthians
Palmeiras
Rb Bragantino
Santos
São Paulo
Internacional
Grêmio
Atlético Mineiro
Cruzeiro
Athletico Paranaense
Coritiba
Bahia
Sport
Ceará
Fortaleza
Atlético Goianiense
Chapecoense
Vídeos

Australiano é o primeiro jogador de futebol de elite em atividade a se assumir gay: “Para mostrar que todos são bem-vindos”

Atleta atua no Campeonato Australiano e tem 21 anos; decisão pioneira intensifica discussões sobre como homossexualidade é vista dentro do futebol


Nesta quarta-feira (27), o mundo do futebol passou por um momento histórico, mas fora das quatro linhas, quando, pela primeira vez, um atleta de elite se assumiu homossexual. Isso ocorreu na Austrália, quando o meia Josh Cavallo, de 21 anos, fez publicação nas redes sociais revelando sua sexualidade. O atleta joga pelo Adelaide United, equipe da A-League, liga australiana.

Continua após a publicidade

Paulo Paiva/AGIF

Paulo Paiva/AGIF

Continua após a publicidade


Na postagem, Cavallo comenta sobre o tabu de um atleta assumir, publicamente, a homossexualidade enquanto está em atividade. Nas divisões de elite, nunca antes um jogador divulgou ser gay antes de se aposentar.

 

Tenho orgulho em anunciar publicamente que sou gay. Tudo o que quero fazer é jogar futebol e ser tratado com igualdade. [...] Quero ajudar a mudar isto, para mostrar que todos são bem-vindos no futebol e merecem o direito de assumirem o seu eu autêntico”, revelou Josh Cavallo.

Continua após a publicidade


Carlo Ancelotti fala sobre desgaste do elenco e projeta duelo contra o Osasuna

Continua após a publicidade


Imagem do link para a matéria Piqué fala de desejo em se aposentar no Barcelona, mas enfatiza: “Não vou aceitar ser reserva”

Piqué fala de desejo em se aposentar no Barcelona, mas enfatiza: “Não vou aceitar ser reserva”

Em entrevista, o camisa 3 e ídolo do Barça, falou de diversos assuntos, principalmente em relação a sua aposentadoria e admitiu que não aceita passar um ano no banco de reservas

Em 24/10/2021 - 11:00:12 por Eduarda Moreira

Além disso, o meia contou sobre a trajetória e o que o levou a assumir a homossexualidade.

 

“Tem sido uma viagem para chegar a este ponto da minha vida, mas não podia estar mais feliz com a minha decisão de assumir a minha homossexualidade. Tenho lutado contra a minha sexualidade há mais de seis anos, e estou contente por poder colocar um fim nisso. É espantoso saber que atualmente não há futebolistas profissionais que assumem a sua homossexualidade, não só na Austrália como em todo o mundo. Espero que isto mude num futuro próximo”, pontuou o australiano.

Continua após a publicidade


A atitude foi aplaudida por jogadores como Piqué, Griezmann e Varane, e reacendeu uma discussão antiga quanto às consequências para os atletas que, eventualmente, venham a assumir ser gays enquanto ainda atuam. 

Continua após a publicidade


Em discursos recentes, jogadores como Toni KroosOlivier Giroud destacaram a dificuldade de um jogador declarado homossexual conviver no dia a dia, dentro do vestiário. Thomas Meunier, lateral do Borussia Dortmund e da seleção belga, vê a situação complicada por conta do conservadorismo no futebol com a causa LGBTQ+.

 

Eu desaconselho os jogadores de futebol gays a saírem do armário porque as pessoas são estúpidas. As mentalidades não se desenvolveram nesse assunto. Mesmo dentro de certas equipes, conheço jogadores que se recusariam a jogar com atletas homossexuais. É horrível. Então é melhor a situação ficar como está, para o bem-estar da pessoa”, destacou o jogador belga.

Em 2014, o ex-meia da seleção alemã, Thomas Hitzlsperger, se assumiu homossexual pouco depois de encerrar a carreira. Na época, o jogador marcou importância por levantar o debate em período próximo ao da atividade como atleta. No período, Hitzlsperger questionou a forma com que o esporte trataria a decisão.

 

Eu não sei se o futebol é um ambiente tão homofóbico assim. As pessoas especulam que seria assim. Mas já que não sabemos, pois nunca tivemos um jogador gay assumido na Premier League ou na Bundesliga, é difícil dizer que isso vai acontecer. Temos que esperar para ver”, disse o ex-meia alemão em entrevista para a BBC, em 2014.

 

Em 2020, um atleta do Campeonato Inglês chegou a escrever uma carta anônima assumindo ser homossexual.

Deixe aqui sua opinião!

Veja as últimas matérias de Futebol Internacional

X
Esse site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação, analisar como você interage em nosso site, otimizar o desempenho e personalizar o conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em Política de Privacidade